A Casa de Hospedes- Rumi

Mindfulness nos faz refletir através deste poema

O ser humano é uma casa de hóspedes.

​Toda manhã uma nova chegada.

​A alegria, a depressão, a falta de sentido, como visitantes inesperados.

​Receba e entretenha a todos

​Mesmo que seja uma multidão de dores

​Que violentamente varrem sua casa e tira seus móveis.

​Ainda assim trate seus hóspedes honradamente.

​Eles podem estar te limpando

​para um novo prazer.

​O pensamento escuro, a vergonha, a malícia,

​encontre-os à porta rindo.

​Agradeça a quem vem,

​porque cada um foi enviado

​como um guardião do além.

- Jellaludin Rumi,

"O que se leva da vida, é a vida que se leva"
                           Antoine de Saint-Exupéry 

Estr. de Jacarepaguá, 7187, Bloco 1, sl 519
(Meta Office Building I) - Freguesia de Jacarepaguá, Rio de Janeiro - RJ, 22755-155
Tel: 021 9 9983-2796 / 021 3473-5769